Procurar
Feche esta caixa de pesquisa.

3 abrigos simples que você mesmo pode construir

É bom estar na floresta e fácil – mas também um pouco chato – trazer uma barraca ou lona para sentar na natureza. Com uma dose de criatividade e engenhosidade, você mesmo pode construir um abrigo, ou abrigo, como também é chamado. 

O que considerar antes de começar

Antes de iniciar a grande construção, você precisa encontrar um local adequado para construir seu abrigo. Ao escolher um espaço de acampamento para o seu abrigo, aqui está uma lista de pontos que você deve estar ciente e considerar.

Pense no local

A área onde você constrói seu abrigo deve ter espaço para você se deitar e o solo deve ser preferencialmente bastante nivelado. Verifique se há galhos mortos nas árvores acima do canteiro de obras, o que pode ser um perigo se caírem no seu abrigo.

Observe o vento e a água

Oriente seu abrigo de forma que a entrada fique voltada para longe da direção do vento, evitando resfriamento desnecessário. Além disso, evite áreas muito próximas à água, como rios ou leitos de rios. Esses são os locais com maior risco de inundações durante chuvas fortes.

Considere quanto tempo você usará seu abrigo

Você precisa construir um abrigo sólido que possa suportar muito vento e intempéries por um longo período de tempo, ou você só precisa passar a noite nele por uma ou duas noites antes de prosseguir? Quanto mais noites você precisar usar seu abrigo, mais sólido ele deverá ser.

Insetos desagradáveis

Evite colocar seu abrigo em áreas com muitos insetos no chão da floresta ou nas árvores ao seu redor. Podem ser formigueiros, ninhos de vespas e colmeias. Portanto, é uma boa ideia limpar o solo da cobertura do solo, como galhos e folhas, para ter certeza de não se deitar sobre rastejamentos desagradáveis.

Prepare-se em casa

Você pode facilmente construir muitos outros tipos de abrigos sem ajuda, mas é mais fácil trapacear um pouco em casa. Portanto, é uma boa ideia levar tiras, corda ou barbante para a construção, além de uma faca ou multiferramenta.

Sempre construa o telhado de baixo para cima

Para obter a construção mais estanque e resistente à água, você deve começar cobrindo o telhado por baixo e subindo, da mesma forma que coloca telhas em um telhado.

Veja como:

Tipo 1 – Lean-to

Um alpendre é uma cobertura construída com galhos grandes e pequenos colocados entre dois troncos de árvores.

  • Encontre dois galhos grossos com cerca de 2 metros de comprimento, de preferência com formato de Y (fenda) em uma das extremidades, e coloque um em cada tronco da árvore em um ângulo de cerca de 45 graus com as ravinas para cima. Se necessário, cave um pouco as pontas retas no solo para melhor estabilidade.
  • Encontre outro galho grosso, longo o suficiente para passar entre as duas árvores e coloque-o nas fendas dos galhos em forma de Y. Esta é a sua viga do teto.
  • Colete vários galhos mais finos de 2 metros de comprimento e coloque-os de lado em um ângulo de cerca de 45 graus para que formem uma copa. Os palitos devem ser preferencialmente bem apertados. Se necessário, faça o mesmo nas laterais para melhor proteção contra as intempéries.
  • Para cobrir o telhado, ramos de coníferas como abetos, pinheiros ou tujas são muito bons. Colete uma grande quantidade de galhos menores com muitas agulhas e coloque-os no topo da copa, de baixo para cima. Quanto mais espessa a camada, menos vento e chuva podem penetrar. Se a luz pode penetrar no seu telhado, o clima também pode, e então o telhado não é denso ou espesso o suficiente.
  • Finalize cobrindo toda a lateral do telhado com folhas do chão da floresta para isolamento extra. Também é uma boa ideia cobrir bem as pontas para que o abrigo só fique aberto para um dos lados.
  • Reúna uma grande pilha de folhas e musgo do chão da floresta, bem como galhos menores e galhos de abetos, pinheiros ou tuja, na cobertura do solo para que você fique isolado do solo.

Tipo 2 – Alpendre em forma de cunha

O princípio é o mesmo de um alpendre, mas a construção tem dois lados em vez de um e inclina-se para baixo.

  • Encontre um galho grosso de 2,5 a 3 metros e use-o como vigas. Coloque a extremidade mais grossa da ravina em uma árvore se puder encontrar uma com uma ravina não mais do que 1-1,5 m acima do solo. Caso contrário, utilize dois ramos de cerca de 1 m com forma de Y (fenda) numa das extremidades e coloque-os em forma de V invertido com apoio bloqueado no topo. Deixe a extremidade oposta repousar no chão.
  • Coloque vários galhos mais curtos e grossos ao longo das laterais da estrutura em um ângulo de 45 graus e cubra o telhado e possivelmente a entrada com galhos de coníferas e folhas construídas de baixo para cima.
  • Colete uma grande pilha de folhas e musgo do chão da floresta, bem como galhos menores e galhos de abetos, pinheiros ou tujas na cobertura do solo, para que você fique isolado do solo.

Tipo 3 – Tipi

Um abrigo tipi pode ser construído em torno de uma árvore para maior estabilidade, mas limita um pouco o espaço interno. Felizmente, também pode ser feito inteiramente com galhos soltos.

  • Encontre muitos galhos longos e grossos para o esqueleto e escolha os três maiores.
  • Amarre-os em uma das pontas, na parte superior, levante-os e abra as pernas como um tripé para poder deitar entre elas. Cave um pouco os três galhos no chão para que eles não possam se mover sobre eles.
  • Alinhe bem a maior parte do tripé com os galhos restantes, alinhando-os contra o tripé, exceto na entrada. Cole os galhos no chão ou segure-os no lugar com pedras para que não se movam.
  • Agora é só cobrir toda a estrutura com uma camada isolante de, por exemplo, samambaias, pinheiros, abetos ou tujagrenas e muitas folhas do chão da floresta, para melhor proteger a chuva, o vento e o calor.
Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn

Descobrir

Artigos relacionados

pt_PTPT